Notice: A função WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /home/uppertru/public_html/wp-includes/functions.php on line 5835
Pular para o conteúdo
Home » Caminhoneiro é feito refém por criminosos e pneus de caminhão são roubados em Araxá

Caminhoneiro é feito refém por criminosos e pneus de caminhão são roubados em Araxá

Caminhoneiro é feito refém

Segundo a PRF, foram levados 19 pneus do veículo que a vítima dirigia. Ninguém foi preso.

Um Caminhoneiro é feito refém e ficou cerca de três horas em poder de criminosos, durante a madrugada desta quinta-feira (16), em Araxá. Os autores levaram 19 pneus do caminhão durante a ação.

Segundo relato do Caminhoneiro que é feito refém à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele estava com o veículo estacionado em um posto de combustível, às margens da BR-262, para poder dormir. Porém, no meio da noite, os criminosos quebraram os vidros da cabine e o renderam.

Ainda conforme o relato à PRF, ele foi amarrado e um dos três autores assumiu a direção, seguindo com o veículo pela rodovia sentido a Uberaba. Ainda na altura de Araxá, os criminosos entraram com o caminhão em um cafezal e deixaram o motorista preso para roubar os pneus do veículo.

Conforme a PRF, foram levados 19 pneus, além do celular da vítima. O caminhoneiro só acionou a polícia por volta das 4h30. A carga que ele levava era de cerveja, porém, nenhum item foi roubado.

Por fim, a PRF também explicou que os criminosos usaram outro caminhão para levar os materiais roubados. Nenhum suspeito foi detido.

1 comentário em “Caminhoneiro é feito refém por criminosos e pneus de caminhão são roubados em Araxá”

  1. Pingback: Caminhoneiros ficam 10 dias preso em protesto de bolivianos - Transportadora Digital 4.0 sem Intermediários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *