Notice: A função WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /home/uppertru/public_html/wp-includes/functions.php on line 5835
Pular para o conteúdo
Home » Caminhoneiro é preso com 49 comprimidos de rebite pela PRF

Caminhoneiro é preso com 49 comprimidos de rebite pela PRF

Caminhoneiro é flagrado com 49 comprimidos de rebite pela PRF

Durante uma vistoria os policiais encontraram 49 unidades de comprimidos de substância análoga ao medicamento Nobésio Extra Forte.

Caminhoneiro é flagrado e na quarta-feira (1), a Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) prendeu um homem, de 44 anos, de identidade não revelada, que estava conduzindo um veículo de carga e tinha vários comprimidos da droga conhecida como “rebite”, que é um inibidor de sono.

Segundo a PRF, o motorista estava conduzindo um caminhão FORD/CARGO 2628 e foi abordado na BR 343, na cidade de Piripiri. Durante uma vistoria os policiais encontraram 49 unidades de comprimidos de substância análoga ao medicamento Nobésio Extra Forte.

Esse medicamento é utilizado pelos motoristas como inibidor de sono, também conhecido como “rebite”, onde ele ajuda a prolongar o tempo acordado e assim ele pode dirigir por longas distâncias.

Caminhoneiro foi autuado em flagrante

O uso desse tipo de medicamento é proibido, porque os caminhoneiros precisam respeitar o tempo de descanso, o que alguns não fazem, para cumprirem prazos. O motorista informou que adquiriu a droga na cidade Juazeiro do Norte, no Estado do Ceará.

Caminhoneiro é flagrado e foi então lavrado um Termo Circunstanciado por descumprimento ao Art. 28 da Lei. 11.343/06, por porte de droga para consumo. A ocorrência foi encaminhada ao Juizado Especial Criminal na comarca de Piripiri para os procedimentos necessários.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *