Notice: A função WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /home/uppertru/public_html/wp-includes/functions.php on line 5835
Pular para o conteúdo
Home » Caminhoneiros pedem retirada de “urgência” de projeto de cabotagem do Congresso

Caminhoneiros pedem retirada de “urgência” de projeto de cabotagem do Congresso

Caminhoneiros pedem retirada de “urgência” de projeto de cabotagem do Congresso

A Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava) está pedindo ao governo federal a retirada da “urgência” do projeto de lei 4.199/220, que institui o Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem, apelidado de “BR do Mar”, do Congresso Nacional.

O projeto está na pauta da Câmara dos Deputados para votação nesta semana e altera as regras do transporte marítimo entre portos e caminhoneiros. O pedido foi feito em carta enviada pela associação ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Os caminhoneiros alegam que o programa pode levar à redução de trabalho para os transportadores autônomos de carga rodoviária. “Não somos contra o PL, e sim contra questões que afetam diretamente a categoria dos transportadores autônomos”, afirma o presidente da Abrava, Wallace Landim, em documento obtido pelo Broadcast.

Categoria dos caminhoneiros autônomos não foi chamada

A categoria argumenta também que não foi chamada à mesa de negociações, sendo “diretamente” afetada pela medida.

“Entendemos a necessidade de se trazer a PL da BR do Mar, mas ela não pode significar esmagar a categoria dos caminhoneiros autônomos”, diz outro trecho da carta.

A associação estima que, com o programa da cabotagem instituído, possa haver perda de 40% no transporte de contêineres em longa distância para os caminhoneiros autônomos.

Câmara dá 30 dias para Infraestrutura explicar PL da “BR do Mar”

A Câmara dos Deputados aprovou dois requerimentos para colher informações do Ministério da Infraestrutura e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre o projeto de lei que facilita a navegação comercial (cabotagem) na costa brasileira, chamado de “BR do Mar”. Os parlamentares do PP pediram esclarecimentos sobre questões de ordem orçamentária e concorrencial. O texto tramita em caráter de urgência na Câmara e tem desagradado caminhoneiros e a indústria local.

Do Ministério da Infraestrutura, a Câmara cobrou detalhes sobre o Fundo da Marinha Mercante (FMM) – desde o saldo da reserva e de cada uma das contas vinculadas a ela até o extrato de movimentações financeiras do fundo. Isso porque o projeto permite que empresas estrangeiras utilizem os recursos do fundo para financiar a docagem (manutenção) de suas embarcações em estaleiros brasileiros.

1 comentário em “Caminhoneiros pedem retirada de “urgência” de projeto de cabotagem do Congresso”

  1. Pingback: Caminhoneiro que trocava pneu do seu veículo leva tiro na cabeça na BR-277 - Transporte, consolidação e otimização de cargas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *