BANHEIROS QUÍMICOS: QUANDO COMEÇOU, LEGISLAÇÃO AMBIENTAL E MERCADO.
30/09/2019
ESTRUTURAS METÁLICAS: CARACTERÍSTICAS,INDÚSTRIA E APLICAÇÕES
03/10/2019

CARGAS DE PROJETO: O QUE SÃO, LEGISLAÇÃO, NÚMEROS, ESTADOS EM CRESCIMENTO

Você também é uma das pessoas que gostaria de saber do que se tratam as famosas cargas de projeto? Então, ficará alegre em saber que nós da Uppertruck separamos esse conteúdo exclusivamente para você. Abordaremos o que são as cargas de projeto, sua legislação, números e quais os principais estados em Ascensão.

 

O QUE SÃO?

Cargas de projeto podem ser definidas como cargas com medidas, dimensões e peso fora dos padrões que impedem o embarque em contêineres convencionais. Normalmente são cargas como reatores, turbinas, transformadores, geradores, guindastes, plataformas, usinas completas, pás eólicas e equipamentos de grande porte.

 

O transporte de cargas de projeto exige estudos específicos da logística aplicada em todas as etapas da viagem, começando no local de saída do fornecedor, passando pela viagem internacional, armazenagem, até a entrega no local indicado pelo comprador.

 

Os estudos de viabilidade são desenvolvidos por equipes profissionais capacitadas em atuar com cargas especiais e diferenciadas e envolve o fretamento de navio ou aeronave, do veículo rodoviário ou ferroviário e avaliação dos equipamentos que movimentarão a carga durante o transporte.

 

MODAL MARÍTIMO

O modal marítimo representa a maioria dos transportes de cargas de projeto, para os quais são utilizados navios roll-on-roll-off, principalmente para as cargas rolantes, ou navios especializados em carga solta  (breakbulk), além de navios porta-contêiner para o transporte de equipamentos especiais.

 

A fim de evitar avaria durante a viagem, são necessários cuidados especiais com a adequação de embalagem, armazenagem, planejamento de manobra de transbordo, estivagem e a fixação da carga nos porões ou conveses da embarcação.

 

CENÁRIO BRASILEIRO

O Brasil não é apenas um país importador de projetos, já há algum tempo, várias empresas brasileiras desenvolvem grandes projetos industriais ligados à expansão de fábricas, construção de refinarias, hidroelétricas, termoelétricas, indústria naval, mineração, off shore, projetos no setor de energia, óleo e gás, fabricação de aeronaves e até construção de submarinos.

 

A demanda por cargas de projeto é grande, mas é preciso muita melhoria na infraestrutura para atender às necessidades exigidas no transporte dessas cargas.

 

LEGISLAÇÃO

Agora que você já sabe sobre o atual cenário brasileiro envolvendo as cargas de projeto, creio que é também de suma importância falar sobre a legislação que rege a mesma.

 

O DNIT e os DERs,  por força de legislação específica e de diversas resoluções do CONTRAN, emitem Autorizações Especiais de Trânsito – AET para diversos tipos de veículos e cargas indivisíveis superpesadas e superdimensionadas.

 

Quais são os veículos que precisam de AET e as legislações pertinentes?

 

— Resolução nº 210/06 – regulamenta a concessão de AET’s para veículos com dimensões excedentes, FABRICADOS E LICENCIADOS ATÉ 13 DE NOVEMBRO DE 1996 (carretas sider, caminhão baú).

 

— Resolução nº 211/06 – regulamenta a concessão de AET’s e a circulação das Combinações de Veículos de Carga – CVC (rodotrem, bitrem 9 eixos, tritrem, treminhão canavieiro).

 

Resolução nº 734/18 – regulamenta a concessão de Autorização Específica (AE) para os veículos e/ou combinações de veículos equipados com tanques que apresentem excesso de até 5% (cinco por cento) nos limites de peso bruto total ou peso bruto total combinado, devido à incorporação da tolerância, com base em Resolução do CONTRAN.

 

NÚMEROS DE CARGAS DE PROJETO

 

As cargas com medidas, dimensões e peso fora dos padrões que impedem o embarque em contêineres convencionais são definidas no transporte internacional como carga de projeto. Por exemplo:

 

  • TRANSFORMADORES;
  • PÁS EÓLICAS;
  • CARGAS ESPECIAIS;
  • ESTRUTURAS INDIVISÍVEIS PARA PONTES;

 

ESTADOS EM CRESCIMENTO

Com o advento da tecnologia e a modernização do transporte de cargas o transporte de cargas de projeto também não ficaria para trás.

 

Desse modo, dados da AT&M Tecnologia demonstram que os estados quem mais vem se desenvolvendo no quesito de expansão das cargas de projetos são: São Paulo,  Santos, Belo Horizonte e Rio grande do sul.O que você achou desse artigo? Espero que tenha gostado e que possa compartilhar tal informação com várias pessoas.

 

Não esqueça de acompanhar a Uppertruck em suas redes sociais:

 

Instagram: https://instagram.com/uppertruck

 

Facebook: https://www.facebook.com/uppertruck/

 

 

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE