Home » Digitalização do frete: saiba como se preparar nos próximos anos

Digitalização do frete: saiba como se preparar nos próximos anos

Digitalização do frete: saiba como se preparar nos próximos anos

A digitalização do frete foi impulsionada com o aumento dos negócios realizados por meio das lojas virtuais e televendas.

A digitalização do frete foi acelerada em função do isolamento social, onde milhões de consumidores deixaram de frequentar as lojas físicas e passaram a usar o e-commerce como canal de compras.

Qual a importância da digitalização do frete no setor de transportes?

Entre diversas áreas, a Indústria 4.0 vem chegando ao setor de transportes. A tecnologia, além de trazer agilidade para os processos, vem gerando economia para as empresas, eficiência na rotina de trabalho e crescimento de mercado.

Clientes são beneficiados com a facilidade de busca e acesso aos produtos, além de maior rapidez no atendimento e recebimento de mercadorias por meio de um frete digitalizado. Do outro lado, a digitalização do setor de transportes, para empresas, donos de frotas, caminhoneiros e trabalhadores da área, traz a chance de ampliarem seus canais de venda e diminuírem papeladas e burocracias.

Outro fator importante a ser destacado é o quanto a digitalização cresceu em 2020, em meio à pandemia da Covid-19, provando que a tecnologia é o caminho. Neste período, prestadores de serviços e empresas que já tinham uma colocação no mundo virtual saíram na frente.

A quarentena acelerou a busca mundial por serviços on-line, um mercado sem volta, que só tende a se desenvolver, e apenas quem estiver inserido e preparado para as novas necessidades conseguirão continuar crescendo, o que não deve ser visto com receio, mas como oportunidade. Atualmente existem muitos meios de aprender e aplicar práticas e ferramentas digitais.

Por que vale a pena investir em um frete digital e atrair mais clientes?

Com o avanço do mercado de entregas no Brasil, o número de transportadoras também cresceu consideravelmente. Para manter uma empresa ativa e competitiva no mercado, é imprescindível investir na modernização dos processos.

Em 2017, cerca de US$ 38 bilhões foram investidos em hardwares, softwares e serviços tecnológicos no Brasil, de acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES Software). Essas informações mostram a relevância que a tecnologia tem ganhado no país, o que naturalmente se aplica ao mercado de transporte de cargas.

Sendo assim, para se manter no mercado de transportes, é preciso investir em inovações capazes de gerar valor para os clientes. É imprescindível, nesse momento, contar com ferramentas que facilitem a comunicação com o cliente e a análise de dados para potencializar seus resultados.

A forma como uma transportadora aproveita a tecnologia a seu favor é o que faz a diferença no momento de ser contratada por outras empresas — principalmente por comércios eletrônicos. Além de oferecer mais qualidade para o serviço, a tecnologia, como mencionamos, auxilia na redução de custos ao criar mecanismos mais práticos em vários setores.

O que é digitalização da logística?

A digitalização da logística consiste na automatização de processos, objetivando oferecer:

  • agilidade no transporte,
  • qualidade e minimização dos erros na separação de mercadorias,
  • localização e controle de estoques automatizados,
  • facilidades na realização de inventários,
  • automação na cotação e contratação de transportes.

Todos esses processos ganham em agilidade, facilidade e assertividade quando realizados com o apoio de ferramentas digitais.

Como é feita a digitalização do atendimento nesse setor?

Uma nova rede de informações vem surgindo, mais do que nunca, empresas do setor de transporte podem alcançar um novo nível de eficiência, com a possiblidade de maior obtenção de mercado e lucro, mais qualidade no serviço oferecido, agilidade para a rotina de trabalho de colaboradores e um melhor atendimento a clientes.

Tudo começa com a facilidade do acesso à informação. Hoje, não importa a sua localização geográfica, com o acesso à internet, os quatro cantos do país (e mesmo do mundo), podem ter acesso ao serviço que você ou sua empresa oferece. Através de sites e redes sociais, é possível contar a sua história, detalhar os serviços oferecidos, mostrar trabalhos já desempenhando (agregando credibilidade à sua marca), disponibilizar informações de contato e muito mais.

Em seguida, processos internos também podem ser modernizados, com a digitalização e redes de computadores. Com toda a tecnologia e o entendimento do seu uso, facilmente, pessoas conseguem encontrar o seu serviço, atestar o nível de confiabilidade e com e-commerce (comércio eletrônico), fornecedores e clientes conseguem interagir, realizando compra e venda, transações financeiras, tudo pela internet, de forma fácil, rápida e segura.

Outro ponto importante é a digitalização de documentos, assinaturas, comprovantes, confirmações de entrega e rastreamento de mercadorias. É possível acompanhar o deslocamento do produto, garantindo maior segurança e controle, tanto para quem oferece o serviço, como para quem o recebe.

Inovações podem trazer desafios e dúvidas a princípio, mas também é o respiro necessário para a expansão, reaquecimento da economia, principalmente neste momento de retomada econômica, mostrando um novo caminho, não apenas para sobrevivência no mercado, mas para consolidação e expansão. A internet e a digitalização apresentam infinitas possibilidades, basta ter a coragem para acender a luz.

Para mais conteúdos como este, não deixe de curtir a nossa página do Facebook e ficar por dentro de tudo que há de novo no setor!

1 comentário em “Digitalização do frete: saiba como se preparar nos próximos anos”

  1. Pingback: FTL E LTL: Entenda a diferença por trás dessas modalidades de carga - Transporte, consolidação e otimização de cargas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 10 =