O Documento de Transporte Eletrônico – DT-e, naufragou!
14/08/2019
Portal do Trânsito: Uppertruck, AirBnB do transporte de cargas
21/08/2019

MODAIS DE TRANSPORTE DE CARGAS: QUAIS SÃO?

Modais de transporte de cargas. Você sabe o que é? Quantos e quais são? Como eles se comunicam? Se você não sabe, não se preocupe. Nesta matéria de hoje nós da Uppertruck separamos todas as informações importantes que você precisa saber sobre os modais de transporte, Confira:

Primeiramente, você deve saber que os transportes de cargas possuem cinco tipos de modais, cada um com custos e características operacionais próprias, isso os tornam mais adequados para certos tipos de operações e produtos.

Mas, nenhuma é mais importante que a outra, todas possuem suas vantagens e desvantagens e é justamente por isso que você deve saber como escolher a melhor opção.

Você deve prestar atenção nos custos, possíveis rotas, capacidade de transporte, características do serviço, segurança, agilidade e versatilidade. Os principais tipos de modais de transporte de cargas são:

 

1. Modais de transporte de cargas: Aéreo

É o transporte adequado para mercadorias de alto valor agregado, pequenos volumes ou com urgência na entrega. O Estado de São Paulo tem hoje 32 aeroportos sob sua administração e 5 aeroportos com a INFRAERO administrando (Guarulhos, Congonhas, Viracopos, São José dos Campos e Campo de Marte).

O transporte aéreo possui algumas vantagens sobre os demais modais, pois é mais rápido e seguro e são menores os custos com seguro, estocagem e embalagem, além de ser mais viável para remessa de amostras, brindes, bagagem desacompanhada, partes e peças de reposição, mercadoria perecível,  animais, etc.

 

Vantagens

  • É o transporte mais rápido;
  • Não necessita embalagem mais reforçada (manuseio mais cuidadoso).
  • Menor risco de extravio;
  • Acessibilidade nas áreas remotas

 

Desvantagens

  • Menor capacidade de carga;
  • Valor do frete mais elevado em relação aos outros modais.
  • Menos carga e menos dinheiro;
  • Requer terminais de acesso.

 

2. Modais de transporte de cargas: Marítimo

O transporte marítimo é o modal mais utilizado no comércio internacional ou longo curso refere-se ao transporte marítimo internacional.

Inclui tanto os navios que  realizam tráfego regular, pertencentes a Conferências de Frete, Acordos Bilaterais  e os outsiders, como aqueles de rota irregular, os “tramps”.

Sem dúvidas esse também é um dos modais de transporte de cargas mais utilizados atualmente.

Vantagens

  • Capaz de alcançar longas distâncias;
  • Permite o transporte de grandes quantidades de carga para longas distâncias;
  • Frete baixo;
  • Risco mínimo de extravio.

 

Desvantagens

  • Tempo;
  • Mais burocracia;
  • custo elevado com o seguro dos produtos;
  • Falta de investimentos do Governo nos portos e nos processos de fiscalização para tornar a liberação mais rápida.

 

3. Modais de transporte de Cargas: Ferroviário

A malha ferroviária brasileira possui aproximadamente 29.000 km e no Estado de São Paulo cerca de 5.400 km.

Os processos de privatização do sistema iniciou-se em 1996, e as empresas que adquiriram as concessões de operação desta malha, assumiram com grandes problemas estruturais. A transferência da operação das  ferrovias para o setor privado foi fundamental para que esse setor voltasse a  operar.

 

As empresas que operam a malha ferroviária brasileira são:

ALL – América Latina Logística;

CFN – Companhia Ferroviária do Nordeste,

CVRD/EFC – Cia. Vale do Rio Doce – Estrada de Ferro Carajás;

CVRD/EFVM – Cia. Vale do Rio Doce – Estrada de Ferro Vitória Minas;

FCA – Ferrovia Centro Atlântica;

Ferroban – Ferrovia Bandeirantes;

Ferronorte – Ferrovias Norte Brasil;

Ferropar – Ferrovias do Paraná;

FTC – Ferrovia Tereza Cristina;

MRS Logística;

Ferrovia Novoeste;

Ferrovia Norte-Sul;

Portofer;

Norte-Sul – administrada pelo governo federal.

Portofer – administra a malha ferroviária do Porto de Santos.

 

Vantagens

  • Taxa de gastos mais baixa;
  • Total segurança no transporte;
  • Risco mínimo de acidentes;
  • Menor risco de extravio.

 

Desvantagens

  • Necessidade de transbordo;
  • Inflexibilidade devido as rotas;
  • Ausência de investimento do governo.

 

4. Modais de transporte de cargas: Dutoviário

Modais de transporte de cargas

Você pode até achar que esse se trata de um dos modais de transporte de cargas um pouco diferente, quando na verdade várias pessoas já fazem uso.

Funciona por meio da utilização de dutos — que por vezes podem ser subterrâneos, aparentes ou submarinos.

O transporte é feito com base no controle de pressão inserida. É recomendado para o envio de granulares, fluídos líquidos e gases.

 

Vantagens

  • Envio de pedidos para longas distâncias;
  • Grande quantidade de itens a serem transportados;
  • Menor custo operacional;
  • Seguro e confiável.

 

Desvantagens

  • Inicialmente possui um custo elevado;
  • Acidentes e danos ambientais com alta taxa de risco;
  • Burocracia (necessário licença)
  • Alguns percussos são inflexíveis.

 

5. Modais de transporte de cargas: Rodoviário

Modais de transporte de cargas

No Brasil algumas rodovias ainda apresentam estado de conservação ruim, o que  aumenta os custos com manutenção dos veículos.

Além disso, a frota é antiga (aproximadamente 18 anos ) e sujeita a roubo de cargas. O transporte rodoviário caracteriza-se pela simplicidade de funcionamento.

Apesar dos vários pontos negativos, por que este ainda é um dos modais de transporte de cargas mais utilizados no mundo?

O transporte rodoviário ainda é o mais utilizado pelas empresas não só no Brasil. Os principais motivos para isso são a possibilidade de criar rotas flexíveis, viabilidade para diversos tipos de cargas — desde grãos até itens de alto valor agregado —, prazos razoáveis e preços competitivos.

 

Vantagens

  • Maior acessibilidade (chegando praticamente em qualquer lugar);
  • Agilidade e flexibilidade para a contratação do serviço;
  • Pouca burocracia em relação as modais anteriores;
  • Ainda que pequena, recebe uma das maiores taxas de investimento por parte do governo.

 

Desvantagens

  • Custo de frete elevado em decorrência do preço da gasolina;
  • Capacidade de carga limitada;
  • Risco de acidente e extravio.

 

CONCLUSÃO

Você deve está se perguntando: afinal de contas, qual desses seria o mais adequado para o meu negócio?

Depois de analisar bem as opções, levando em consideração preço, segurança, agilidade, custo benefício e principalmente responsabilidade por parte do condutor, chegamos a conclusão de que o mais ideal para o público brasileiro dentre os modais de transporte de cargas, seriam os rodoviários.

Mas, por qual motivo? Olhe ao seu redor. Quem são as pessoas que fazem aquela sua entrega na porta da sua casa quando você pede algo via os famosos marketplace como seria o caso do mercado livre?

Exatamente! O Transporte rodoviário de cargas, os caminhoneiros. Então, se você quer conhecer mais não deixe de fazer a sua cotação clicando aqui!

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE