Home » Motorista é amarrado em árvore e feito refém durante roubo a caminhão

Motorista é amarrado em árvore e feito refém durante roubo a caminhão

Motorista é amarrado em árvore e feito refém durante roubo a caminhão
Compartilhe em suas redes sociais!

Motorista, de 55 anos, foi feito refém de bando armado durante roubo a caminhão na noite do dia 12 em Corumbá, cidade distante a 426 quilômetros de Campo Grande. Ele foi amarrado e ameaçado de morte por supostos membros da facção criminosa Comando Vermelho.

À polícia, a vítima relatou que a empresa que presta serviços foi contratada para fazer um frete em Corumbá. Ele foi até o local e, num posto de gasolina, encontrou o suposto contratante.

Segundo a vítima, eles seguiram para uma área conhecida como “buracão”. No local, outros três bandidos aguardavam. Um deles deu um tiro no chão e mandou a vítima deitar.

Motorista ficou amarrado

O motorista teve as mãos amarradas e uma corda passada pelo pescoço e boca. O bandido armado chegou a ameaçá-lo, dizendo que se ele fizesse qualquer movimento, seria morto. A vítima foi jogada num buraco, atrás de uma pedra, onde permaneceu até a chegada de um veículo de passeio.

Ainda conforme o motorista, a todo momento o grupo discutia e entrava em desacordo sobre o destino do caminhão. Ele foi colocado no porta-malas do carro e levado para outra área, na mesma estrada.

A vítima foi amarrada numa árvore e teve R$ 1,7 mil roubados. Antes de ser abandonado no local, o motorista foi ameaçado caso denunciasse o caso à polícia. Os bandidos também afirmaram que eram do Comando Vermelho.

Pouco tempo após o grupo deixar o local, já na madrugada desta sexta-feira (13), a vítima conseguiu se soltar e procurou a polícia. O caso vai ser investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

1 comentário em “Motorista é amarrado em árvore e feito refém durante roubo a caminhão”

  1. Pingback: Caminhoneiro assaltado em SP chora e abraça carreta recuperada na fronteira - Transporte, consolidação e otimização de cargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + vinte =