Notice: A função WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /home/uppertru/public_html/wp-includes/functions.php on line 5835
Pular para o conteúdo
Home » O que é Logística Reversa e como implantar na sua empresa?

O que é Logística Reversa e como implantar na sua empresa?

Fazer a entrega dos produtos intactos sempre dentro do prazo para os clientes é uma tarefa complicada e que merece atenção especial. Em algumas situações, acontece a logística reversa, o que pode prejudicar toda a operação.

Através desse artigo, você vai saber o que é a logística reversa e como implementá-la da forma correta na sua empresa, para que você não fique no prejuízo. Leia até o final e saiba mais.

O que é a logística reversa?

Trata-se de um processo logístico em que determinada mercadoria retorna para a empresa que a expediu, por qualquer motivo. A devolução por parte do cliente, um retorno antes que a entrega fosse realizada ou até uma operação de logística mal elaborada, podem fazer parte da logística reversa.

Por exemplo, o cliente compra um produto pela internet e acaba desistindo da compra depois que a mercadoria já foi expedida. Esse é um típico exemplo de logística reversa. Se o cliente não aceita a entrega por outros motivos, ocorre a mesma situação, o que faz o produto retornar à expedição da empresa.

Pode até não parecer, mas a logística reversa é um processo praticamente inevitável em todas as empresas, seja física ou online. Em determinado momento, sempre algum produto vai retornar à empresa, depois de ter sido expedido. Isso é fato.

Como implementá-la na sua empresa?

O ideal é que a logística reversa não acontecesse em nenhuma empresa, mas não existe nenhuma fórmula mágica para se evitar que isso aconteça. Dessa forma, o mais viável é seu negócio estar sempre preparado para implanta-la, da melhor forma possível. Veja como o processo deve ser feito:

Estabeleça uma política de logística reversa

Para que a implementação da logística reversa seja clara e bem definida, é preciso que se estabeleça uma política sobre como funcionará todo o processo. Para os clientes, isso se traduz nas trocas e devoluções.

Você deve definir claramente quais são as condições para que os produtos sejam trocados ou devolvidos, além do prazo para que seja feito isso. Violação de lacres e etiquetas, condições de uso e o prazo de garantia também devem ser definidos de forma clara. Tudo isso permite melhor planejamento e monitoramento da sua equipe.

Faça um treinamento completo da sua equipe

Todos os seus colaboradores também precisam ser treinados para que saibam lidar com os casos de logística reversa. No atendimento ao cliente, precisa existir um padrão de excelência para que a experiência de compra não seja negativa.

Internamente, os funcionários devem seguir todos os protocolos para conferir a disponibilidade de produtos e efetuar uma nova expedição. Se a empresa que vendeu precisar pagar o frete de devolução, por exemplo, todos devem estar cientes disso, além de ser devidamente planejado.

Ofereça um atendimento eficiente

A finalidade da logística reversa não é apenas reduzir custos. É claro que isso é fundamental em qualquer empresa. Mas ela também deve visar a satisfação plena do cliente.

Por isso, o atendimento deve ser feito com respeito, educação e qualidade. O cliente precisa de ter sua solicitação atendida exatamente como ele pediu. Uma boa alternativa é implantar um Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) que oriente o consumidor a respeito do assunto.

Analise todos as informações

A logística reversa pode até parecer um situação desfavorável, mas ela permite que você faça importantes otimizações no seu negócio. Tudo isso é possível, graças à análise de todas as informações referentes às trocas e devoluções dos clientes.

Por exemplo, se determinado produto tem sido devolvido com maior frequência ou se algum lote de mercadorias apresentou algum problema e não foi entregue, você pode corrigir as falhas e evitar que isso aconteça de novo. Todo o processo acontece de forma mais assertiva e no menor tempo possível.

Controle as finanças e o estoque

Na logística reversa, a devolução definitiva de um produto por parte do cliente deve requerer o reembolso do valor integral ao mesmo, segundo a política da empresa.

Tudo isso exige que sua empresa tenha um controle financeiro adequado para que ela tenha recursos suficientes para realizar esse processo sem prejudicar o andamento das operações. No caso de trocas, a exigência é ter uma quantidade mínima de mercadorias no estoque para que o cliente possa escolher outro produto.

Quais os benefícios de implantar a logística reversa?

Um processo eficiente de logística reversa pode trazer diversos benefícios para toda sua empresa, além de permitir realizar melhorias mediante a análise dos dados.

Com um processo eficiente e assertivo implementado, a satisfação do cliente com sua empresa aumentará e muito. Se ele estiver ciente de que pode trocar ou devolver o produto, caso seja necessário, certamente se sentirá muito mais seguro e satisfeito, caso aconteça algum imprevisto.

Ao tomar a frente da implantação da logística reversa, sua empresa também evita problemas como retornos imprevistos, custos extras e gastos desnecessários de tempo até que a mercadoria seja expedida novamente pela empresa.

Conclusão

Como você pode perceber, a logística reversa é uma obrigatoriedade que traz muitos benefícios à sua empresa. Ela pode ser facilmente implantada, basta tomar algumas ações simples e ter um bom planejamento para se evitar prejuízos e aumentar a satisfação do cliente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *