Notice: A função WP_Scripts::localize foi chamada incorretamente. O parâmetro $l10n deve ser um array. Para passar um dado arbitrário para os scripts, use a função wp_add_inline_script() ao invés. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 5.7.0.) in /home/uppertru/public_html/wp-includes/functions.php on line 5835
Pular para o conteúdo
Home » Presa dupla que roubava caminhoneiros e tentou matar segurança

Presa dupla que roubava caminhoneiros e tentou matar segurança

roubava caminhoneiros

Homens de 23 e 34 que roubavam caminhoneiros anos tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça após série de crimes em Nova Alvorada do Sul

Dois homens que roubava caminhoneiros, um de 23 e outro de 34 anos, foram presos por tentativa de latrocínio e assaltos em Nova Alvorada do Sul, cidade a 120 km de Campo Grande. Eles atacavam caminhoneiros que fazem parada para descansar em um posto de combustíveis na BR-267. Em um dos roubos, tentaram matar o segurança do posto usando uma peça de paralelepípedo.

Leia: Caminhoneiro é preso por dirigir em zigue-zague, provocar dois acidentes e ‘furar’ bloqueios em perseguição na BR-116; Veja o VÍDEO

Outrossim, os dois que roubava caminhoneiros foram descobertos pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) após semanas de trabalho. A pedido da Polícia Civil, a Justiça decretou a prisão preventiva dos acusados. Na delegacia, eles ficaram em silêncio sobre as acusações.

“ Similarmente, a dupla aproveitava que diversos caminhoneiros dormem no pátio do posto e durante a madrugada abordava os motoristas, subtraindo seus pertences”, explicou o delegado Rômulo Marcelo.

Na mesma semana após a denúncia do primeiro roubo, os dois homens tentaram assaltar outro caminhoneiro, mas foram abordados pelo segurança posto. Os assaltantes reagiram e entraram em luta com o segurança. “Ele quase acabou morto. Foi segurado por um dos autores enquanto o outro arremessou um paralelepípedo de mais de 100 gramas em seu rosto. Por sorte, o segurança conseguiu fugir e procurar ajuda”, explicou o delegado.

Os dois foram reconhecidos pelas vítimas e hoje a Polícia Civil cumpriu os mandados de prisão. Rômulo Marcelo disse que os dois homens foram indiciados por roubo e latrocínio tentado e podem pegar pena superior a 15 anos de prisão. Devido à chamada “Lei de Abuso de Autoridade”, a polícia não divulgou os nomes dos presos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *