Home » Rodovias com maior índice de roubo de cargas e caminhões

Rodovias com maior índice de roubo de cargas e caminhões

Compartilhe em suas redes sociais!

No índice mundial de roubos de cargas em estradas o Brasil se encontra em 8° lugar entre os mais perigosos portanto não é surpresa Quando analisamos o mapa brasileiro e percebemos que as estradas de acesso às grandes capitais são de modo geral perigosas, mas algumas são especialmente perigosas. Separamos alguns dos trechos com mais ocorrências de assaltos em todo o país. Confira a lista:

BR 116: Rio de Janeiro – São Paulo
Assaltos nas estradas:

São Paulo e Rio de Janeiro, os dois estados que lideram os índices de assaltos em estradas no país. Não é de se surpreender que a estrada que liga esses dois estados seja considerada uma das mais perigosas da região. A Dutra foi, inclusive, considerada como a rodovia mais perigosa do Rio pelo jornal O Globo. Confira nossa matéria sobre roubo a caminhoneiros no Guarujá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, trechos da BR 116 que liga Curitiba à São Paulo e Rio de Janeiro à São Paulo possuem alto risco para ocorrência de roubo de cargas. além delas, os trechos da SP 330 (Uberaba – Porto de Santos) e BR-050 (Brasília – Santos) também tem altos índices de crimes.

Esses roubos, além de prejudicar a segurança dos motoristas, aumentam as despesas da empresa. Segundo o dado divulgado pela Firjan – Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, os roubos de carga trouxeram um prejuízo de 1,6 bilhões de reais à economia do país, entre 2011 e 2016. O Rio de Janeiro é o segundo estado com maior incidência de roubos, chegando à 33,54%.

BR 101: Alagoas e Bahia
Assaltos nas estradas:

Com mais de 4.500 km, a BR 101 corta todo o litoral do país, do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul. Com tamanha extensão, a rodovia é marcada por contrastes. Há trechos duplicados, bem sinalizados e com câmeras de videomonitoramento, e trajetos com muitos buracos e pouca segurança.

Um dos trechos mais perigosos se encontra no estado de Alagoas. Atrasos em obras de duplicação da rodovia fazem com que a estrada apresente más condições de uso. Dessa forma, motoristas precisam reduzir a velocidade e, com isso, ficam expostos a assaltos nas estradas. O perigo é maior durante viagens à noite, por isso, é recomendável não trafegar nesse período. As informações são da Suhai Seguradora.

Entre as estradas perigosas do Brasil também está o trecho da BR 101 no estado da Bahia. O grande fluxo de viajantes, entre eles turistas que visitam feiras, acaba atraindo os assaltantes. Dirigir em comboio pode ser uma alternativa para inibir o crime, ainda assim é preciso ter cuidado, já que quadrilhas executam verdadeiras operações táticas para realizar assaltos nas estradas.

Com a ajuda das polícias rodoviárias Federal (PRF), Estadual (PRE) e a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário (Abemtro), os trechos das BRs 110, 101, 116, 324 e 407, e as BAs 093 e 522 foram apontados como os mais visados pelos assaltantes. As informações são do Correio 24 horas.

BR 365: Minas Gerais – Mato Grosso
Assaltos nas estradas:

Minas Gerais é o estado com a maior malha viária do país. Além disso, alguns trechos em território mineiro são bem vulneráveis a ocorrências de roubos, como a BR 365, que liga Minas à região Centro-Oeste do país. Em alguns casos, os bandidos chegaram a perseguir motoristas para tentar assaltar na rodovia.

Logo, prestar atenção no tráfego enquanto dirige é essencial. Buscar abrigo em um posto da Polícia Rodoviária ou, mesmo, em um posto de combustível podem ser boas opções para não virar o alvo prioritário de bandidos.

SP 348 – Rodovia dos Bandeirantes
Assaltos nas estradas

Os dados de mapeamento mostra que os trechos mais críticos do país são na Rodovia dos Bandeirantes são os kms 90, 94 e 97, nestas áreas a visibilidade do motorista sofre com curvas e falta de iluminação, vegetação ladeando as estradas e às vezes névoa.

Na rodovia Dom Pedro existe uma alta taxa de assaltos no trecho próximo ao bairro São Marcos, na altura da entrada do Aeroporto Campo dos Amarais, onde há pouca iluminação.

Na Rodovia Miguel Melhado Campos, conhecida como Vinhedo -Viracopos, as ocorrências são registradas principalmente na área do bairro Campo Belo.

Um dos piores trechos apontados, porém, foi do km 72 ao 75 da Rodovia Santos Dumont, De acordo com a Polícia Rodoviária, os bandidos sempre atacam com rapidez e brutalidade Durante a noite.

Se você conhece outros pontos com probabilidade de roubos de cargas, veículos ou outras o ocorrências, pode registar esse local pelo aplicativo Uppertruck disponível para smartphones Android e alertar seus companheiros rota.

Deixe seu comentário sobre o tema.

7 comentários em “Rodovias com maior índice de roubo de cargas e caminhões”

  1. Pingback: Quem contrata frete não pode se preocupar com o preço. – Uppertruck Freight

  2. Pingback: Marco regulatório pode transferir a autônomos carga de responsabilidades na prestação de serviço – Uppertruck Freight

  3. Pingback: Polícia Federal deflagra Operação Transbordo contra roubo de cargas

  4. Pingback: Caminhoneiros são levados a cativeiro para sequestro de caminhões em Minas - Transporte e movimentação de cargas

  5. Pingback: O gerenciamento de risco no transporte de cargas

  6. Pingback: Transporte de Cargas: Saiba Como Otimizar Rotas - Blog da Interlog Seguros

  7. Pingback: Sono ao volante – Um dos maiores inimigos dos caminhoneiros - Transportadora Digital 4.0 sem Intermediários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =