Fraudes: Criminosos anunciam fretes de carga pela internet para roubar caminhões
27/08/2019
COMO A MOBILIDADE URBANA PODE SER A CHAVE PARA A MUDANÇA NO TRC?
29/08/2019

TIPOS DE VEÍCULO DE TRANSPORTE E SUAS APLICABILIDADES

Você sabe qual a principal diferença entre os veículos de transporte? Sabe onde cada um deles pode ser aplicado? É sobre isso que nós da Uppertruck iremos falar hoje.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), por meio da Portaria nº 63/2009, regulamenta o peso máximo permitido por eixo, ou conjunto de eixos, e os limites de comprimento e peso total dos diversos tipos de veículos de transporte rodoviário de carga.

Além disso, existem outras regulamentações e leis que criam classificações desses veículos, tomando sempre por base a quantidade e tipos de eixos e na capacidade de carga. Muitas das denominações normalmente utilizadas se referem, também, ao uso a que o veículo é destinado.

Com tanta variedade de veículos e categorias, é importante conhecer as especificações e indicações de cada um antes de colocá-los na estrada, não é mesmo? Então, vamos lá!

 

REGISTRO NACIONAL DE TRANSPORTADORES RODOVIÁRIOS DE CARGA (RNTRC)

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) especifica que todos os veículos destinados a transporte de carga rodoviária remunerado, com capacidade de carga igual ou superior a 500 kg, devem estar registrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC).

 

Veja, abaixo, alguns dos tipos de veículos de transporte rodoviário de carga e suas capacidades:

 

VEÍCULO URBANO DE CARGA (VUC)

Esta classificação foi criada pela Prefeitura de São Paulo para os veículos de carga permitidos a rodar em sua Zona de Máxima de Restrição de Circulação, onde o trânsito de caminhões é proibido. O VUC possui dois eixos simples, largura máxima de 2,20 m e comprimento máximo de 7,20 m.

 

Apesar de representar apenas 1,23% do total de veículos de transporte no país, os veículos urbanos de carga são essenciais na logística para distribuir cargas onde os caminhões não podem trafegar.

Além disso, deve possuir emissão de poluentes limitada e data de fabricação posterior a 2005.

 

  • Peso máximo: 1.200KG;
  • Tipo de habilitação: B.

 

CAMINHÕES

Veículos de carga com comprimento inferior ou igual a 14 metros que, segundo o RNTRC, estão classificados em Leves, com capacidade de carga de 3,5 a 7,99 toneladas, e Simples, de 8 a 29 toneladas. Veja alguns tipos de caminhões:

 

TOCO OU CAMINHÃO SEMIPESADO

Caminhão mais básico, possui um eixo dianteiro simples e um traseiro podendo ser simples, ou seja, com uma roda de cada lado, aguentando um peso bruto máximo de 12 toneladas, ou duplo, levando um par de rodas de cada lado, e capacidade de 16 toneladas.

 

Algumas vans se encaixam nessa categoria por oferecerem modelos sem carroceria — e também por terem capacidade de carga acima dos 1.200KG — para utilizações diversas.

 

  • Peso máximo: 16.000KG;
  • Tipo de habilitação: B (quando não ultrapassar 3.500KG) e C.

 

Leia também: O UNIVERSO FEMININO NO TRC E QUAIS DEPARTAMENTOS ELAS ESTÃO DOMINANDO

 

TRUCK OU CAMINHÃO PESADO

Possui um eixo dianteiro simples e um conjunto de dois eixos traseiros. O conjunto traseiro pode ser misto, no qual um é simples e o outro é duplo, com capacidade de peso bruto total de 19,5 toneladas, ou ambos os eixos duplos, aguentando 23 toneladas.

 

Mais comuns nas estradas, os caminhões pesados e trucks são os principais responsáveis pela logística no país.

 

  • Peso máximo: 23.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

BI-TRUCK

Caminhão com dois eixos dianteiros simples e dois eixos traseiros mistos ou duplos. Seu peso bruto total fica entre 25,5 e 29 toneladas.

Os caminhões bi-trucks são capazes de distribuir melhor o peso sobre as rodas e, consequentemente, sobre as estradas. Suas principais vantagens são levar mais carga e apresentar maior eficiência.

 

  • Peso máximo: 23.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

CAMINHÃO TRATOR

Também chamado de “Cavalo Mecânico”, é formado pela cabine, o motor e o conjunto de tração, podendo ter dois eixos, um simples dianteiro e um duplo traseiro, três eixos (Truckado), sendo dois traseiros, ou quatro, na forma de um Bi-truck.

No Caminhão Trator a carga é acoplada através de Semirreboques e, se necessário, Reboques. Sua capacidade de carga depende da quantidade de eixos dos Semirreboques ou Reboques.

 

  • Peso máximo: 33.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

COMPOSIÇÕES

As composições são nada mais que conjuntos formados por um Caminhão Trator, truckado ou não, mais seus Semirreboques, ou um Caminhão Pesado acoplado a um ou mais Reboques.

A popularidade desse tipo de veículo vem aumentando no país, especialmente para suprir a grande necessidade de escoamento de grandes cargas por conta da escassez de linhas férreas. Os tipos mais comuns de Composições são:

 

CARRETA COM DOIS EIXOS

Formado por um Caminhão Trator de dois eixos e um Semirreboque de dois eixos também. Pode acumular um peso bruto total de até 36 toneladas a depender do tipo de eixo e tração. Possui comprimento máximo de 18,6 metros.

 

  • Peso máximo: 36.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

CARRETA COM TRÊS EIXOS (TREMINHÃO)

A diferença, neste caso, é que o Semirreboque possui três eixos, simples ou duplos. Seu peso bruto total pode chegar a 53 toneladas.

Os treminhões são bastante comuns em centros produtores de cana-de-açúcar e etanol, pois apresentam a capacidade de carga e a versatilidade que esse negócio demanda dos caminhões.

 

  • Peso máximo: 23.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

BITREM ARTICULADO

Conjunto formado por um Caminhão Trator Truckado e dois Semirreboques acoplados, contendo 7 eixos e peso bruto total de 57 toneladas. Com comprimento até 19,8 metros, não necessita Autorização Especial de Trânsito (AET) para trafegar.

Dos veículos extra-pesados, o Bitrem Articulado é a última categoria que não necessita de AET para trafegar pelas estradas brasileiras.

 

  • Peso máximo: 57.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

RODOTREM

Composição em que um Caminhão Trator Truckado leva dois Semirreboques, sendo que a junção entre eles é feita sobre um veículo auxiliar chamado Dolly. Sua capacidade de peso bruto total é de 74 toneladas, divididas em 9 eixos. Este tipo de veículo necessita de uma AET para rodar.

 

  • Peso máximo: 74.000KG;
  • Tipo de habilitação: C e E.

 

A frota brasileira é bastante diversa e, muita vezes, existem vários tipos de veículos diferentes numa mesma atuação logística. Por isso, manter tudo funcionando direitinho e em dia não é nada fácil, mas existem maneira de deixar essa tarefa menos complicada, como os 10 pontos para ficar atento na manutenção dos caminhões da frota.

 

Como vimos, os veículos de transporte rodoviário de carga são classificados conforme sua quantidade de eixos, tamanho e peso. Mas, independentemente do tipo, é importante lembrar que todos os veículos de carga que prestam serviços remunerados devem ser registrados no RNTRC.

 

Agora que você já entende a classificação dos tipos de veículos de transporte rodoviário de carga, saiba como conseguir a RNTRC!

 

Espero que todas as informações tenham sido bem explicadas.

 

Não perca as novidades, acompanhe nossas redes sociais:

 

Página oficial do Facebook: https://www.facebook.com/uppertruckoficial/ 

 

Instagram:  https://instagram.com/uppertruck?igshid=1eqg7s7z42963 

 

1 Comentário

  1. […] Leia também: TIPOS DE VEÍCULO DE TRANSPORTE E SUAS APLICABILIDADES […]

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE